HORÁRIO DE ATENDIMENTO:
Seg. a Sex. das 8h às 18h

Quando é necessária a artroplastia do quadril?

Dr. Daniel Daniachi Ortopedista e Traumatologista especialista em cirurgia do quadril

O procedimento ortopédico denominado de artroplastia de quadril consiste em remover e substituir partes dessa articulação por uma prótese. A prótese pode ser tanto de metal quanto de outros materiais.

O médico ortopedista é o responsável por diagnosticar e determinar a necessidade ou não da cirurgia.

Por isso é importante buscar profissionais com experiência na área.

Vamos falar mais sobre quando a artroplastia de quadril é necessária?

Continue lendo este artigo e fique mais informado!

Para quais casos é indicada?

Esse procedimento é indicado para o tratamento de quadros presentes na articulação do quadril e, também, do colo do fêmur.

Dentre tais quadros, citamos:

  • Artrite reumatóide:doença inflamatória de caráter crônico;
  • Osteoartrite: doença que se caracteriza pelo desgaste das cartilagens articulares e alteração na estrutura óssea;
  • Osteonecrose: quadro relacionado à morte de determinado segmento ósseo que provoca o interrupção de suprimento sanguíneo;
  • Fratura do quadril e/ou do colo do fêmur;
  • Presença de tumor no quadril: resultado do crescimento descontrolado de células na região do quadril.

A cirurgia costuma ser indicada para casos em que a vida e a qualidade de vida dos pacientes são comprometidas de maneira severa.

Ou seja, para os casos em que tanto o sono quanto atividades cotidianas são prejudicadas ou impossibilitadas: andar e subir e descer degraus, por exemplo.

Outra razão para ser indicada é quando outras formas de intervenção não-cirúrgicas já foram utilizadas, mas não surtiram resultados.

Como é o pré-cirúrgico?

O paciente deve tomar alguns cuidados antes da realização do procedimento cirúrgico.

O médico costuma esclarecer esses cuidados e aqui falaremos de alguns.

Dentre os passos, deve-se informar ao especialista todos os medicamentos que são consumidos.

Esse cuidado é importante porque pode acontecer de um medicamento interferir na anestesia ou apresentar maior preocupação com relação à formação de coágulos e sangramentos.

Deve-se indicar se possui alguma alergia.

Em caso de pacientes fumantes, deve-se interromper o consumo de tabaco por pelo menos um mês antes do procedimento e por até dois meses após a cirurgia.

O tabaco interfere na recuperação e cicatrização daqueles tecidos afetados no procedimento.

Antes da cirurgia são realizados exames de risco cirúrgico que avaliam o estado de saúde do indivíduo.

Além disso, exames de imagem são utilizados para compreender a extensão e tipo da lesão/fratura/patologia presente no quadril.

Como é o procedimento?

O procedimento consiste em realizar uma incisão na região anterior da coxa, posterior ou lateral.

As partes que apresentam desgaste são removidas e substituídas pela prótese.

O tempo total do procedimento é de aproximadamente duas horas e meia, podendo ser mais longa a depender da patologia.

A fisioterapia deve ser iniciada logo em seguida do procedimento.

Quais os cuidados após o procedimento?

  • Administrar os medicamentos corretamente;
  • Movimentar-se com cuidado;
  • Tomar cuidado onde for se sentar;
  • Não exagerar na realização de atividades;
  • Evitar posições que produzam dor;
  • Realizar acompanhamento médico e fisioterápico.

Dr. Daniel Daniachi

Venha conhecer a clínica do Dr. Daniel Daniachi, excelência em cirurgias do quadril.

Aqui você pode agendar a sua consulta, obter informações com nossa equipe e acessar outros textos como este em nosso blog.

Preencha o formulário e agende sua consulta

loading...

INFORMAÇÕES DO AUTOR:

Dr. Daniel Daniachi Ortopedista e Traumatologista especialista em cirurgia do quadril

Formado em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP), possui residência médica em Ortopedia e Traumatologia pela mesma instituição de ensino e subespecialização em Cirurgia do Quadril.
Registro CRM-SP nº 117036.