HORÁRIO DE ATENDIMENTO:
Seg. a Sex. das 8h às 18h

Quadril: quais os tipos e sintomas de tumores no quadril?

Dr. Daniel Daniachi Ortopedista e Traumatologista especialista em cirurgia do quadril

Descobriu ou desconfia que está com um tumor no quadril?

Esse texto vai te explicar tudo que é necessário saber sobre o tema para que você possa sanar todas as suas dúvidas.

Afinal, essa região é muito importante, usamos o quadril para múltiplas atividades diárias (sentar, andar, correr). 

Então venha entender quais os sintomas e tipos de tumores no quadril!

O que são os tumores no quadril?

Os tumores no quadril são fruto do crescimento excessivo de células na região. 

Conforme eles se desenvolvem, substituem o tecido normal por um tumor benigno ou maligno (cancerígeno). 

Podem afetar o osso ou as partes moles, como articulação, gordura, músculo e pele. 

Os tumores no quadril geralmente são mais profundos do que em outras partes do corpo e tem algumas especificidades, sabia?

Eles têm algumas características particulares, tais como:

  • Costumam surgir em pacientes com idade mais avançada em relação aos tumores em outras regiões do corpo, ou seja, tem relação com o envelhecimento;
  • Costumam ser mais profundos, o que dificulta o diagnóstico precoce. Em razão da demora para diagnosticar, é comum que ele seja identificado quando já está com tamanho avançado. 

Por isso é fundamental manter em dia a prevenção com um médico ortopedista.

Sintomas de tumor no quadril

Os sintomas variam conforme o tipo de tumor, tamanho e local no quadril. 

De início, os tumores no quadril não são vistos, em razão da sua profundidade. Por isso é importante estar atento aos sintomas.

Os seguintes sintomas podem se expressar:

  • Percepção de uma massa, nódulo ou inchaço na área;
  • Dores progressivas e persistentes, com piora noturna;
  • Dificuldade para andar, com “marcha manca”;
  • Aumento da rigidez nas articulações do quadril;

A seguir, veja os tipos de tumor no quadril. 

Tipos de tumores no quadril

Eles podem ser de neoplasias benignas ou malignas.

Os benignos não são cancerígenos. Causam sintomas (dores, incômodo, lesões), mas podem ser retirados através de cirurgia sem formação de novas metástases. 

Os principais tumores benignos no quadril são: cisto ósseo simples, encondroma, osteocondroma, osteoma osteóide. 

Já os malignos são cancerígenos. As células malignas se proliferam rapidamente, podendo gerar metástases e levar a graves danos ou até mesmo à morte. 

O tumor maligno mais comum no quadril é o mieloma múltiplo. 

Ele afeta a medula óssea e com seu crescimento vários ossos são afetados simultaneamente, podendo causar sintomas como anemia, insuficiência renal e dores no corpo. 

Além da diferenciação entre benigno e maligno, o tipo de tumor e os sintomas variam conforme a localização, podendo atingir os ossos ou as partes moles.

Um tipo comum de tumor no quadril é o tumor ósseo! A seguir, veja suas características:

Tumor ósseo no quadril

Quando localizados nos ossos da bacia costumam ser malignos (mieloma, condrossarcoma, metástases etc). 

O tipo metástase é o mais comum nessa área. 

Surgem quando o paciente já possui um tumor primário em outra região do corpo (mama, próstata etc) que se espalha pelo quadril. 

Já aqueles localizados no fêmur proximal costumam ser benignos (cisto ósseo simples, displasia fibrosa e osteoma osteóide). 

O tratamento para tumores ósseos inclui cirurgias, radioterapia e quimioterapia. 

Na maior parte dos casos, inicialmente o paciente realiza quimioterapia, posteriormente cirurgia para retirar o tumor e após, realiza novas sessões de quimioterapia.

Portanto, o tratamento é combinado. 

Cuide de seu quadril

Agora você já conhece quais os tipos e sintomas de tumores no quadril!

Para continuar cuidando dessa área tão importante para as atividades diárias, conheça a clínica do Dr. Daniel Daniachi. Ele oferece acompanhamento especializado em quadril.

Preencha o formulário e agende sua consulta

loading...

INFORMAÇÕES DO AUTOR:

Dr. Daniel Daniachi Ortopedista e Traumatologista especialista em cirurgia do quadril

Formado em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP), possui residência médica em Ortopedia e Traumatologia pela mesma instituição de ensino e subespecialização em Cirurgia do Quadril.
Registro CRM-SP nº 117036.