HORÁRIO DE ATENDIMENTO:
Seg. a Sex. das 8h às 18h

Quando a artroplastia total de quadril é indicada?

Dr. Daniel Daniachi Ortopedista e Traumatologista especialista em cirurgia do quadril

A artroplastia total de quadril, também denominada prótese de quadril, visa substituir a articulação do quadril por uma prótese biomecânica.

O modelo mecânico que substitui a articulação funciona muito parecido com a estrutura biológica original.

Na última década, o desenvolvimento tecnológico criou próteses cada vez mais semelhantes ao nosso corpo biológico e o sucesso das artroplastias de quadril é enorme.

Existem diversas patologias que atingem o quadril, como artrose, necrose, bursite, tendinite, tumor, entre outras.

Mas, em quais casos é necessário realizar cirurgia de prótese do quadril?

Confira nesse texto!

Quando a prótese de quadril é indicada?

Primeiro, é importante entender quais fatores levam às dores e complicações no quadril.

As principais condições são:

  • Osteoartrite;
  • Artrite reumatoide;
  • Artrite pós-traumática;
  • Necrose avascular;

Então, a artroplastia total do quadril poderá ser indicada quando o paciente possui uma das patologias citadas acima (entre outras).

Além de possuir uma patologia grave, é necessário que essa doença:

  1. Seja incapacitante, ou seja, impeça o paciente de realizar atividades diárias;
  2. A patologia não tenha sido eliminada e tratada satisfatoriamente através de métodos conservadores (medicação, fisioterapia, etc).

Além disso, a idade do paciente, sua estrutura óssea e a intensidade da doença também determinam a necessidade ou não de prótese de quadril. 

Ao longo da nossa vida, as articulações do corpo tendem a se desgastar.

Por isso, pessoas idosas tendem a sofrer com maior frequência os efeitos desse desgaste. 

Em pacientes jovens é comum a necessidade de prótese do quadril após uma fratura no colo do fêmur. 

O que exatamente é artroplastia do quadril? 

É um procedimento ortopédico que permite a substituição da articulação do quadril por uma prótese de polietileno, metal ou cerâmica. 

Ela pode ser realizada de forma total ou parcial e geralmente é dividida em três grupos:

  1. Artroplastia total cimentada: quando o fêmur e o acetábulo são substituídos e fixados ao osso através de um cimento ortopédico;
  2. Prótese total de quadril não-cimentada: quando o fêmur e o acetábulo são substituídos e fixados através do método sob pressão (press-fit);
  3. Prótese parcial de quadril: quando apenas a região do fêmur é substituída. A forma de fixação pode ser cimentada ou não. 

Como é realizada a cirurgia? 

O cirurgião realiza uma incisão na parte frontal, lateral ou posterior da coxa, com objetivo de retirar as áreas desgastadas pelo processo de artrose e inserir uma prótese no local.

A cirurgia costuma durar cerca de 02 horas e meia, podendo demorar mais conforme as condições do paciente e de sua lesão.

Já a internação pós-operatória varia entre 3 e 5 dias.

É necessário acompanhamento fisioterapêutico logo após o procedimento para auxiliar e potencializar a recuperação e adaptação do paciente. 

A recuperação completa pode demorar entre 6 meses a 1 ano, sendo indicada realização de fisioterapia durante todo esse período. 

Qual a prótese ideal para o seu caso?

O seu ortopedista realizará um diagnóstico do seu quadro e definirá o melhor tratamento para o seu caso.

Caso sinta dores na região do quadril, procure imediatamente o Dr. Daniel Daniachi.

Agende já sua consulta com esse especialista em quadril.

Preencha o formulário e agende sua consulta

loading...

INFORMAÇÕES DO AUTOR:

Dr. Daniel Daniachi Ortopedista e Traumatologista especialista em cirurgia do quadril

Formado em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP), possui residência médica em Ortopedia e Traumatologia pela mesma instituição de ensino e subespecialização em Cirurgia do Quadril.
Registro CRM-SP nº 117036.